Obra deve ser entregue para a população ainda no primeiro semestre de 2021

A Prefeitura de Florianópolis deve entregar ainda no primeiro semestre de 2021 a primeira incubadora social do município. O Centro de Inovação Social, em Santo Antônio de Lisboa, ao lado do TISAN, já teve início das obras e em breve se tornará um espaço para fomentação o empreendedorismo na cidade. Com a retomada econômica, os esforços para qualificação de profissionais e geração de emprego na Capital serão prioridades nos próximos anos de mandato.

Obra em andamento. Imagem: Leonardo Sousa

A idealização da incubadora social é uma parceira entre a Rede Solidária Somar Floripa e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico da Capital. O espaço físico deve ser voltado à formação de empreendedores sociais, com módulos completos de contabilidade, comunicação e outros, para pessoas que gostariam de atuar ou já são atuantes em projetos sociais e que querem criar instituições, bem como empreendedores que desejam implantar uma área social em seus negócios. A ideia também é que no Centro de Inovação possam ser ofertados cursos de qualificação para geração de empregos e renda.

Um coworking público de 156 m² será uma das principais salas no Centro de Inovação, que também contará com sete incubadoras, auditório, biblioteca colaborativa, espaço de integração para crianças, cozinha, área de café e banheiros. Na área externa, haverá um pátio de integração, horta comunitária, arquibancada externa e áreas cobertas para alimentação, feiras e exposições itinerantes.

O local, que já abrigou o antigo Fórum de Santo Antônio de Lisboa, tem uma área total de 1.221,90 m², sendo 1.210,21 m² de área de reforma e 11,69 m² de construção nova.

Pedido chegou a partir de cartinha escrita pelo filho, de apenas oito anos

O pequeno Igor Vinicius, de apenas oito anos, mostrou que tem um coração gigante. Na cartinha de Natal, ao invés de querer um brinquedo ou uma roupa nova, pediu que a mãe, Maria Eunice, ganhasse uma máquina de lavar roupas. Igor sabia que a família precisava de uma máquina nova, então escreveu a cartinha com o pedido com a ajuda da professora Zilá, que dá aulas para Maria Eunice na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Básica Municipal Donícia Maria da Costa, no Saco Grande.

Sabendo da situação, a professora entregou a cartinha de Igor para a Rede Solidária Somar Floripa, da Prefeitura de Florianópolis. Em menos de cinco minutos, uma das voluntárias cadastradas, Rita Soares, se propôs a realizar o pedido de Igor. Rita relata que a doação é uma prática frequente pra ela e familiares, e que quando podem, participam de algum projeto ou iniciativa solidária.

“Eu fico muito feliz em saber que algo que estava comigo pôde ser útil às pessoas. Doar faz bem, ajudar os outros ajuda em nossa cura como seres humanos”, afirma a voluntária.

Maria Eunice ressalta a importância de receber ajuda neste momento, e reforça: “Não tenho palavras para expressar o quanto me sinto grata com toda a ajuda. A professora Zilá e a equipe da Somar Floripa são pessoas que fizeram diferença na minha vida”.

Foto: Leonardo Souza

A entrega foi em grande estilo, feita diretamente pelo Papai Noel, que também levou alguns presentes para o Igor. E o bom velhinho deixa um agradecimento a todos aqueles que ajudaram na campanha da Árvore de Natal Digital da Somar Floripa: “Graças a cada pessoa que pegou uma das 850 cartinhas vou poder ver a alegria em cada criança que receber o presente que pediu”.

Voluntários compartilham a experiência de adotarem cartinhas com pedidos de crianças para o Papai Noel

Durante o ano de 2020 a Somar Floripa, Rede Solidária da Prefeitura de Florianópolis, criou diversas ações de doação e voluntariado para auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade social na Capital, principalmente por conta da pandemia do novo Coronavírus. A Campanha Somando Contra a Covid-19 foi responsável por arrecadação de mais de 35 mil cestas básicas e 3 mil voluntários cadastrados para ações como dar carona para vacinar e fazer compra para idosos, auxiliar em filas para saque do auxílio emergencial, trabalhar na passarela da cidadania e na sede da Somar.

Chegando o Natal, época do ano em que a Somar Floripa já fazia a Campanha Árvore de Natal Digital desde 2018, 850 crianças de instituições sociais cadastradas deixaram suas cartinhas para ganharem um presente especial do Papai Noel. Em 2020 foram quase o dobro de cartinhas adicionadas à arvore em comparação ao ano passado. Mesmo assim, a Campanha já teve mais de 90% dos pedidos atendidos, e se encaminha para a reta final.

Nesta terça-feira, 1 de dezembro, é comemorado o Dia de Doar, data criada para promover a prática da solidariedade no mundo. Nesta manhã, Deise Ortiz foi com a filha Malu entregar o presente que uma das crianças pediu na árvore, e Malu, que ficou sabendo da Campanha pelas redes sociais da Prefeitura, conta como é a experiência de praticar este gesto de solidariedade.
“Fazer parte da campanha é uma ótima oportunidade de dar um natal ainda mais feliz para as crianças. É gratificante saber que elas receberão aquilo que pediram”.

Assim como Malu, a Ana Madalena também conheceu a campanha por meio das redes sociais. Ela sempre pensou em participar de ações assim, e neste ano entrou no site, adotou uma cartinha e já entregou na sede da Somar. Ela comenta que considera o Natal uma época especial para dar este carinho às crianças.
“É muito comum que as pessoas se presenteiem no Natal, e mais do que nunca, estas crianças merecem ganhar o que pediram, depois de um ano difícil”.

Ana Madelena

Ainda há cartinhas disponíveis para adoção no site da Rede Solidária Somar Floripa. Para garantir uma é muito simples: basta acessas o link somarfloripa.com/natal e escolher a cartinha na árvore. Depois disso, é só levar o presente na sede da Somar Floripa, na Rua Tenente Silveira, nº 60 – 1º andar, Centro. Se preferir, também é possível comprar o presente de maneira online e colocar o endereço da Somar para entrega.