Pedido chegou a partir de cartinha escrita pelo filho, de apenas oito anos

O pequeno Igor Vinicius, de apenas oito anos, mostrou que tem um coração gigante. Na cartinha de Natal, ao invés de querer um brinquedo ou uma roupa nova, pediu que a mãe, Maria Eunice, ganhasse uma máquina de lavar roupas. Igor sabia que a família precisava de uma máquina nova, então escreveu a cartinha com o pedido com a ajuda da professora Zilá, que dá aulas para Maria Eunice na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Básica Municipal Donícia Maria da Costa, no Saco Grande.

Sabendo da situação, a professora entregou a cartinha de Igor para a Rede Solidária Somar Floripa, da Prefeitura de Florianópolis. Em menos de cinco minutos, uma das voluntárias cadastradas, Rita Soares, se propôs a realizar o pedido de Igor. Rita relata que a doação é uma prática frequente pra ela e familiares, e que quando podem, participam de algum projeto ou iniciativa solidária.

“Eu fico muito feliz em saber que algo que estava comigo pôde ser útil às pessoas. Doar faz bem, ajudar os outros ajuda em nossa cura como seres humanos”, afirma a voluntária.

Maria Eunice ressalta a importância de receber ajuda neste momento, e reforça: “Não tenho palavras para expressar o quanto me sinto grata com toda a ajuda. A professora Zilá e a equipe da Somar Floripa são pessoas que fizeram diferença na minha vida”.

Foto: Leonardo Souza

A entrega foi em grande estilo, feita diretamente pelo Papai Noel, que também levou alguns presentes para o Igor. E o bom velhinho deixa um agradecimento a todos aqueles que ajudaram na campanha da Árvore de Natal Digital da Somar Floripa: “Graças a cada pessoa que pegou uma das 850 cartinhas vou poder ver a alegria em cada criança que receber o presente que pediu”.

Voluntários compartilham a experiência de adotarem cartinhas com pedidos de crianças para o Papai Noel

Durante o ano de 2020 a Somar Floripa, Rede Solidária da Prefeitura de Florianópolis, criou diversas ações de doação e voluntariado para auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade social na Capital, principalmente por conta da pandemia do novo Coronavírus. A Campanha Somando Contra a Covid-19 foi responsável por arrecadação de mais de 35 mil cestas básicas e 3 mil voluntários cadastrados para ações como dar carona para vacinar e fazer compra para idosos, auxiliar em filas para saque do auxílio emergencial, trabalhar na passarela da cidadania e na sede da Somar.

Chegando o Natal, época do ano em que a Somar Floripa já fazia a Campanha Árvore de Natal Digital desde 2018, 850 crianças de instituições sociais cadastradas deixaram suas cartinhas para ganharem um presente especial do Papai Noel. Em 2020 foram quase o dobro de cartinhas adicionadas à arvore em comparação ao ano passado. Mesmo assim, a Campanha já teve mais de 90% dos pedidos atendidos, e se encaminha para a reta final.

Nesta terça-feira, 1 de dezembro, é comemorado o Dia de Doar, data criada para promover a prática da solidariedade no mundo. Nesta manhã, Deise Ortiz foi com a filha Malu entregar o presente que uma das crianças pediu na árvore, e Malu, que ficou sabendo da Campanha pelas redes sociais da Prefeitura, conta como é a experiência de praticar este gesto de solidariedade.
“Fazer parte da campanha é uma ótima oportunidade de dar um natal ainda mais feliz para as crianças. É gratificante saber que elas receberão aquilo que pediram”.

Assim como Malu, a Ana Madalena também conheceu a campanha por meio das redes sociais. Ela sempre pensou em participar de ações assim, e neste ano entrou no site, adotou uma cartinha e já entregou na sede da Somar. Ela comenta que considera o Natal uma época especial para dar este carinho às crianças.
“É muito comum que as pessoas se presenteiem no Natal, e mais do que nunca, estas crianças merecem ganhar o que pediram, depois de um ano difícil”.

Ana Madelena

Ainda há cartinhas disponíveis para adoção no site da Rede Solidária Somar Floripa. Para garantir uma é muito simples: basta acessas o link somarfloripa.com/natal e escolher a cartinha na árvore. Depois disso, é só levar o presente na sede da Somar Floripa, na Rua Tenente Silveira, nº 60 – 1º andar, Centro. Se preferir, também é possível comprar o presente de maneira online e colocar o endereço da Somar para entrega.

A Rede Solidária Somar Floripa, da Prefeitura de Florianópolis, está articulando diversas ações de Natal para crianças de instituições sociais, centros de convivência, abrigos municipais e pessoas em situação de rua acolhidas na Passarela da Cidadania. Pelo terceiro ano consecutivo, está no ar a Árvore Digital de Natal, desenvolvida pela empresa Incuca e parceria do Floripa Shopping, que atenderá 850 pedidos das crianças para o Papai Noel. Para adotar uma cartinha, basta acessar www.somarfloripa.com/natal.

Distribuição de presentes da Árvore Digital de 2019

Outra parceira da rede solidária é a Rede Angeloni, que presenteará mais de 500 pequenos, também em situação de vulnerabilidade social, de instituições sociais cadastradas na Somar Floripa. Os pedidos de presentes estão em árvores físicas nos supermercados de Florianópolis.

Mas não é só isso. Para que todos possam ter um dia de Natal especial, a Somar Floripa está arrecadando alimentos para proporcionar ceias em abrigos da Capital e para as pessoas em situação de rua acolhidas pela Passarela da Cidadania. Estão abertas também vagas para voluntários que queiram participar da ação.

Voluntários servindo a janta na Passarela da Cidadania

“Gostaria de reforçar este pedido de doações, pois se cada pessoa que tiver condição de adotar uma cartinha ou doar 1 kg de alimento realmente se propor a fazer isso, mais de 1500 pessoas em situação de vulnerabilidade poderão desfrutar de um Natal ainda mais especial”, afirma a presidente da Rede Somar Floripa, Cintia de Queiroz Loureiro.

Para quem quiser fazer doação de alimentos, a entrega deve ser na sede da Rede Solidária Somar Floripa, na Rua Tenente Silveira, nº 60 – 1º andar. As entregas de presentes da Árvore Digital da Somar também devem ser no mesmo local. Pessoas interessadas em ser voluntários na Somar Floripa podem acessar o site somarfloripa.com ou entrar em contato pelo WhatsApp (48) 98441-0217.

A rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, segue com a campanha “Somando Contra o Covid-19”, que já ajudou mais de 12 mil famílias em vulnerabilidade social. Na última semana, a rede solidária auxiliou com mais de 250 cestas básicas associações de recicladores por intermédio da Comcap e artistas de Florianópolis por meio da Fundação Franklin Cascaes, em atendimento à solicitação do Conselho de Cultura.

Além disso, também foram doadas mais de 500 máscaras e roupas de inverno vindas de empresas parceiras para os 140 catadores de materiais recicláveis, que fazem parte das instituições: ACMR, Aresp, Reciclafloripa, SulRecicla, Abecan, Elorecicla, Amigos da Natureza, ARM e Zeitz.

Cintia Queiroz Loureiro, presidente da Rede Solidária Somar Floripa, agradece a parceria com outras secretarias e órgãos da Prefeitura para conseguir ajudar esses nichos de artistas e recicladores que tiveram seus trabalhos pausados durante a pandemia.

“Recebemos essas demandas da Fundação Franklin Cascaes e da Comcap e pudemos realizar essas doações que farão diferença para cada família. Agradecemos a todos que vêm colaborando com a campanha. Seguimos com a missão nesse momento”, afirma.

Doações

A Somar Floripa está arrecadando alimentos não perecíveis para realizar doações na segunda fase da Campanha “Somando Contra o Covid-19”. Os pontos de entrega são:

Para mais informações, basta entrar em contato com a Somar Floripa pelo WhatsApp (48) 98441-0217.

“Somando contra o Covid-19” conta com diversas oportunidades em combate ao Coronavírus

A rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, lança campanha “Somando contra o Covid-19” com diversas oportunidades de voluntariado em apoio à Secretaria Municipal da Saúde e Assistência Social. Além de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, há opções para profissionais e universitários de diversas áreas para atuar na recepção de pessoas e organização de listas, bem como pedidos de doações para atendimento às pessoas em situação de rua. Os interessados podem se cadastrar em somarfloripa.com. 

“Vamos precisar de apoio nas unidades de saúde, com o teleatendimento e também na vacinação. Como muitas clínicas particulares fecharam, temos profissionais que podem nos dar essa ajuda de grande valia. Por isso, acionamos a nossa rede solidária Somar Floripa para convidar a todos que querem voluntariar conosco”, afirma Edenice Reis da Silveira, Diretora de Inteligência da Secretaria Municipal da Saúde. 

“Estamos emocionados com tamanha mobilização para ajudar o próximo em nossa cidade e ficamos felizes que a nossa rede está sendo o canal para unir quem quer auxiliar com as pessoas que estão precisando. Neste momento, precisamos de grande apoio dos profissionais da saúde. Desde já, agradecemos a todos os voluntários pela solidariedade”, reitera Cintia de Queiroz Loureiro, presidente da rede solidária, Somar Floripa. 

A rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, inicia campanha digital para auxiliar idosos a não saírem de casa como forma de prevenção ao Coronavírus. A plataforma da rede traz uma oportunidade para que voluntários ajudem vizinhos idosos a fazer compras, seja de maneira presencial ou online. De outro lado, há também o ícone para cadastro de idosos que estão com essa necessidade. Desta forma, será realizado o “macth” de quem quer ajudar com quem precisa.

“Várias pessoas entraram em contato conosco para saber de que maneira poderiam ajudar nesta pandemia. Vimos que esse tipo de atitude funcionou na Europa. Pensamos que esta é uma maneira eficiente de deixarmos os idosos, que são os principais alvos do vírus, em casa. Sugerimos que os jovens possam auxiliar, inclusive, realizando as compras de forma online, assim ambos não precisam sair de seus lares”, afirma a presidente da rede solidária, Somar Floripa, Cintia de Queiroz Loureiro.

Se você é um idoso que está no grupo de risco do Coronavírus e precisa de ajuda de um voluntário, cadastre-se em http://somarfloripa.com/oportunidade/idosos-precisa-de-um-voluntario-para-compras/. E se você está fora do grupo de risco e pode ajudar, acesse http://somarfloripa.com/oportunidade/auxilie-um-vizinho-idoso/ e se inscreva.

A rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, distribuiu mais de 200 kits de material escolar para as instituições sociais cadastradas. Foram mais de 5 mil itens arrecadados, entre lápis, canetas, tesouras, borrachas, réguas, kits de higiene, mochilas, pastas com elástico e estojos. Esta foi a segunda edição da campanha, que contou com auxílio de diversos voluntários e colaboradores da administração municipal.

“Nos surpreendemos com o resultado da campanha. Agradecemos a todos que colaboraram, em especial à Secretaria Municipal da Fazenda que fez uma grande mobilização com os servidores. Conseguimos atender muitas famílias de comunidades carentes de Florianópolis com itens fundamentais e que as escolas não dispõem, como a mochila, o estojo e o kit higiene. ”, afirma a presidente da rede solidária, Cintia de Queiroz Loureiro.

Após fazer o Natal mais feliz de 1.500 crianças, a rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, inicia campanha sustentável de doação de material escolar para as mais de 90 instituições cadastradas. São aceitos itens novos e usados, desde que em bom estado de conservação, que podem ser entregues até dia 31 de janeiro na sede da rede solidária (R. Tenente Silveira, 60 – 1º andar – Centro), de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h. 

“Vamos iniciar o ano praticando a solidariedade com sustentabilidade. Nesta época, famílias precisam de material escolar para os seus filhos, mas não têm recursos. Muitas vezes, guardamos em casa aqueles cadernos com diversas folhas sobrando e que estão em ótimo estado, podendo ser usado por alguém que esteja precisando. Convidamos a todos para participar conosco”, afirma a presidente da rede, Cintia de Queiroz Loureiro.

A rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, lança a Campanha de Natal 2019 com uma árvore digital, que traz 500 cartinhas emocionantes de crianças que são atendidas por entidades cadastradas na plataforma e aguardam presentes do bom velhinho. Para participar, basta acessar o link somarfloripa.com/natal e escolher um presente de Natal para fazer a doação. Os presentes devem ser entregues diretamente na sede da rede (R. Tenente SIlveira, 60 – 1º andar) até o dia 10 de dezembro.

“No Natal, há um clima especial de fraternidade e solidariedade. Nossa campanha é uma forma de levar alegria nesse momento tão esperado pelos pequenos das nossas entidades cadastradas. Convidamos a todos a participar conosco e escolher uma linda cartinha da nossa árvore digital que eles escreveram para o Papai Noel”, afirma a presidente da rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa, Cintia de Queiroz Loureiro.

A entrega dos presentes arrecadados será realizada entre os dias 16 e 18 de dezembro em cada uma das instituições com um Papai Noel voluntário. Em dois anos de atuação em Florianópolis, a rede solidária Somar Floripa apresenta resultados significativos para o ecossistema de voluntariado de Florianópolis. São mais de 5 mil voluntários participantes, 80 instituições sociais cadastradas e 140 mil itens doados.

O trabalho voluntário é uma atitude solidária de grande importância social, que possibilidade uma troca mútua de experiências entre quem realiza e as pessoas que precisam. Desta forma, Noemí Guimarães encontrou a rede solidária da Prefeitura de Florianópolis, Somar Floripa. Desde de outubro de 2019, ela ministra atividades de arte, cultura e lazer com idosos do Centro de Solidariedade Humana (CSH), no bairro Capoeiras. Todas as terças-feiras, das 13h30 às 16h, é realizado o Grupo de Qualidade de Vida, cujo objetivo é proporcionar bem-estar às pessoas da 3ª idade por meio de oficinas de artesanato, passeios e aulas de dança. 

A voluntária conheceu o Somar Floripa no evento Meetup Social, em agosto, e decidiu cadastrar-se na plataforma da rede para compartilhar com outras pessoas suas habilidades de costura. Atualmente ela estuda Produção de Moda no SENAC e conta que descobriu ainda criança o gosto pela costura e pelo voluntariado. “Posso dizer que desde pequena faço trabalho voluntário. Eu costumava auxiliar minha mãe, que dava aula para alunos do EJA no SESC e curiosamente a maioria deles eram idosos.”

Noemí busca trazer novas atividades de artesanato para o grupo de 18 idosos cadastrados no CSH. Cada semana eles se encontram para trocar experiências e juntos confeccionarem algo minimamente detalhado. A última oficina foi de fuxico, onde aos poucos estão produzindo toalhas de mesa para o Natal. “Os idosos trazem suas vivências para o grupo e eu os ensino a fazer artesanato. Eles levam muito a sério tudo que fazem, procuro sempre dar atenção a todos e assim me divirto muito com eles. É uma troca enriquecedora para todo mundo”, comenta Noemí Guimarães

Seu José Francisco é um dos participantes cativos. “Aqui é um lugar que eu venho para me distrair, conversar e produzir algo. Todas essas coisas me fazem bem e ajudam na recuperação dos meus problemas de saúde”, explica. 

O CSH atende as comunidades da região continental de Florianópolis e conta com quatro voluntários do Somar Floripa, que juntos a assistentes sociais desenvolvem diversas atividades com famílias e idosos em situação de vulnerabilidade social. A instituição está em fase de implantação de novos projetos para 2020. “Entendemos a família como organismo vivo, em constante transformação e por isso estamos buscando nos reestruturar e pensar em novas ações que garantam o acesso aos direitos sociais das pessoas. Um destes projetos é o ‘Contando Economias’ que objetiva levar educação financeira às famílias atendidas e a comunidade em geral. Contaremos com a ajuda de mais uma voluntária do Somar Floripa. Essa parceria que temos é fundamental para a realização das atividades do CSH”, comenta a assistente social, Taís Coelho.